Harmonia com a Natureza e os 5 Elementos!

_MG_7759.jpg

Estamos cada vez mais mergulhados num estado de confusão, de dependência e veneração pelo consumismo. Uma cegueira que nos condiciona cada vez mais à vida material. Enquanto nos afundamos nas nossas próprias ilusões, destruímos o planeta como se ele fosse nosso. Estamos cada vez mais longe da visão da ordem natural e dos seus ciclos biológicos… e ao afastarmo-nos da Lei Natural, também nos distanciamos da nossa própria natureza.
Quanto mais nos isolamos da Natureza, mais nos isolamos de nós mesmos… o medo dominou as nossas mentes e corações, e passámos a viver segundo as suas regras. Somos vítimas dos nossos próprios demónios e a ansiedade, a frustração, as preocupações contaminam diariamente as nossas mentes… o stress, as tensões, o cortisol envenenam lentamente os nossos corpos… o medo invisivelmente fecha os nossos corações.
Chega a hora de deixarmos de sermos vítimas da tecnologia e do materialismo. Estas só são úteis para nos servir e não sermos escravos delas… Chega a hora de nos libertarmos das amarras que nós mesmos criámos… fazermos as pazes com a Lei Natural, com os seus ciclos internos e externos. E com respeito e harmonia abraçarmos a Vida e a Natureza!

No próximo dia 19 Fevereiro, domingo, irei orientar um curso teórico-prático para todos os que desejam mais saúde e bem-estar, calma e felicidade, amor e harmonia para os corpos, mentes e corações…

Na primeira parte do curso irei ensinar a Teoria Tibetana dos 5 Elementos que vem da tradição Bon… os elementos externos, internos e ocultos e como obter a sua harmonia. Para nos ajudar a alcançar essa harmonia vamos aprender, com bastante pormenor, técnicas simples de yoga tibetano de cura: os 5 movimentos dos 5 elementos e ainda a massagem e o relaxamento dos 5 elementos.

Na segunda parte irei ensinar em detalhe a importância da respiração e como esta serve de ponte entre o nosso corpo e a mente… vamos aprender a acalmar a mente com meditação mindfulness da respiração e o exercícios das 9 respirações.

Eis a hora de deixarmos de fugir à nossa verdadeira responsabilidade: sermos felizes em harmonia com tudo e todos! Porque é possível encontrar calma no meio do caos e essa calma está bem dentro de cada um nós… e não basta regressarmos a casa… precisamos da harmonia e alegria que só encontramos num lar cheio de amor! Esse lar não tem limites, não tem paredes, não tem fronteiras e não pertence a nenhuma raça, dogma ou cultura! Esse Lar está em mim e em ti… em todos nós e todos os seres! Esse Lar é a nossa verdadeira natureza!

cursotradic%cc%a7a%cc%83otibetana_1

Data: 19 Fevereiro | Domingo
Hora: 10:00 às 18:30 com intervalo para almoço
(inclui intervalos para chá e biscoitos)
Preço: 50€/pessoa

Inscrições limitadas: ana@anataboada.com

Programa:
– A teoria dos 5 elementos;
– A massagem dos 5 elementos;
– Os 5 movimentos dos 5 elementos;
– As 5 posições de relaxamento dos 5 elementos;

▪ A teoria de mindfulness da respiração;
▪ A importância da respiração;
▪ O exercício das 9 respirações;
▪ Técnicas de mindfulness da respiração.

 

Vamos nos conectar?

IMGP5068

O Inverno está a chegar, as folhas de Outono já caíram, já cheira ao fumo das lareiras ao entardecer e dá vontade de hibernar… repousar no nosso cantinho, aninhadinhos com quem nos é mais querido ou no nosso espaço de contemplação e silêncio. Os dias mais curtos convidam-nos a voltarmos para dentro… numa jornada ao interior mais profundo de nós mesmos. É tempo de reflexão, de parar para analisar o que foi feito de bom ou menos bom. É tempo de amadurecer com os erros e deixar a sabedoria emergir. É tempo de ouvir o coração, sentir a sua confiança profunda para que nos ajude a renovar a nossa motivação… É tempo de sentir que o meu sofrimento e as minhas dores, não são só minhas, mas também a dos meus antepassados, mas também de toda a humanidade, mas também de todos os seres… porque a minha história profunda, é também a tua história profunda com diferentes medos, frustrações, angústias, tristezas, desilusões, mas resumidamente dores que nos ferem a todos! Por isso, é tempo de abrir o nosso coração ao amor e à compaixão… de acender a velinha do nosso coração e fazer espalhar essa luz como uma estrelinha que brilha para todos os querem ver e sentir!

Mas também é tempo de saborear o chá bem quente com os biscoitos a cheirar a canela acabadinhos de sair… e ao final do dia deixar imergir o meu corpo num quentinho banho de imersão que me faz sentir renovada… e quem sabe enquanto relaxo ouço um ensinamento que me faz voltar a casa!

Para esta época que deveria ser de quietude e serenidade, em que os nossos elementos Terra e Água estão mais ativos, é tempo de abrandar, ouvir profundamente, abraçar ternamente, estar presente para amar conscientemente. Que tal praticarmos Mindfulness, juntarmo-nos em Rituais de Meditação, estarmos com os nossos mais queridos de forma mais presente, abrirmos os corações ao amor e compaixão? Que tal começarmos a recolhermo-nos mais e a criarmos um espaço em casa para o nosso ritual espiritual, para a nossa invocação, meditação ou contemplação?

Aceitem e usufruam do meu presente – para todos os que querem ser a mudança que querem ver no mundo! -, um pequeno excerto de uma das meditações realizadas no Ritual de Lua Cheia:

E porque as tecnologias também nos trazem muitos benefícios vou pela primeira vez fazer um Live gratuito no grupo secreto do FB: Círculo das Dakinis. Se és mulher só tens de aderir a este grupo, caso ainda não tenhas feito. E dia 26, segunda, às 19:30, hora de Lisboa, (ou um pouco antes) conecta-te à internet, acede ao grupo e aguarda por mim… vamos ver como corre e certamente vamos nos conectar!

Em tempos de agitação, desastres e tanto sofrimento gostaria de falar um pouco de Mindfulness do coração e, claro, também praticarmos um pouco… Tem uma velinha contigo também e procura garantir que durante 60min não és incomodada.

Aproveito para desejar a todos os meus alunos, seguidores e amigos um Feliz Natal, seja qual for a tua religião, filosofia ou tradição. Tens um corpo que se quer curar? Tens uma mente que se quer acalmar? Tens emoções que se querem dissolver? Tens um coração que se quer abrir? Então, és e serás sempre bem vindo(a)! Grata por estares aí… a tua presença faz-me continuar!

Próximos eventos:

ritual-ano-novoelemento-ventoformac%cc%a7a%cc%83olujong

Próximos eventos!

ritual-mindfulness

Evento:
Mindfulness: Respiração , Sensações , Mente & Ritual do Chá

Data: Domingo , 20 Novembro
Hora: 11:30 às 12:45
Local: Estúdio de Yoga Tibetano – Ana Taboada
Preço: 10€ por pessoa

Descrição:
Mindfulness é simplesmente repousar a mente no momento presente… estar em atenção plena, sem julgamento e sem análise, ao aqui e agora…
Mindfulness é arte de deixar ir os pensamentos e simplesmente apreciar a beleza de cada instante com consciência pura e natural.
Mindulness é em cada respiração sentirmos o milagre de estar vivo em cada sensação a gratidão por sentirmos; em cada instante repousar na natureza livre da mente. Mindfulness é a simplicidade de sentir numa gota de chá, um oceano de amor… Um ritual para estar, sentir e ser!

Inscrições: ana@anataboada.com

despertar-tua-esse%cc%82ncia-sexual

Evento: Seminário Amor, Sexualidade consciente & Relações autênticas

Tema: Despertar a essência sexual – libertar de padrões de compensação, falsas crenças e medos
Data: 23 Novembro, quarta feira
Hora: 20:30 às 22:30
Preço: 15€/pessoa | 25€/casal
Local: Estúdio de Ana Taboada
Inscrição: ana@anataboada.com

Descrição:
Independentemente de sermos homens ou mulheres, todos temos um núcleo ou essência sexual mais feminina, masculina ou neutra… mas muitas vezes não temos consciência da sua natureza. Ao longo dos anos, infuenciados pela educação e sociedade, vamos ocultando e encobrindo essa essência tão vital para sermos pessoas felizes e termos relações autênticas! Chega a hora de resgatar, nutrir e cuidar da nossa verdadeira essência sexual… e para isso teremos de ir mais além dos padrões de compensação, das falças crenças, das negações e dos medos! O resultado são corações abertos, amantes concientes e autênticos, capazes de relações abertas, que vão mais além da co-dependência e da co-independência!

retiromindfulness

Evento: Retiro Mindfulness & Spa

Datas: 25 a 27 Novembro 2016
Local: Hotel Minho – Vila Nova de Cerveira
Preço: 230€/pessoa

Inclui:

▪ Introdução teórica e prática de Mindfulness (desde a base de Mindfulness, passando por Mindfulness dos sentidos até Mindfulness do coração);
▪ Alojamento em quarto duplo em regime de pensão completa (incluindo jantar de sexta e almoço de domingo);
▪ Acesso à piscina interior e circuito de águas, sauna e hammam;
▪ Oferta de 1 banho de barrica ou de lavanda (30min)

Descrição:
Um retiro é uma oportunidade única para sair das nossas rotinas e stress diários, e com a ajuda de boas condições e orientações aprendermos a relaxar, meditar para acalmar, abrir os nossos sentidos e coração às nossas necessidades, aos outros e à vida!
Quando aprendemos a estar no momento presente, a sentir o poder do agora e a relaxar o nosso corpo e a nossa mente, começamos a ganhar a capacidade de sair das preocupações, frustações, ansiedades, medos e todas as neuroses mentais… começamos a ganhar mais consciência, clareza mental e poder de decisão… começamos a recuperar a nossa autoconfiança e coragem interna… começamos a aprender a apreciar a vida e a usufruir dos seus encantos com total plenitude… começamos a saber o que realmente significa amar e abrir o coração… porque Mindfulness é a base para corações abertos, mentes felizes e vidas plenas!

Inscrições: ana@anataboada.com

a-lua-em-ti

Evento: Circulo de Dakinis
Tema: A Lua em ti!

Data: Sábado, 3 dezembro
Hora: 10:00 às 16:30 (c/ paragem para almoço)
Local: Estúdio de Yoga Tibetano – Ana Taboada
Contribuição: 35€ / dakini

Pacote Especial dia 3 Dez: Círculo das Dakinis + Ritual Trance Dance = 45€ / dakini
[O Ritual de Trance Dance terá lugar também no Estúdio, orientado pela Carolina Maria, das 18:00 às 21:00.]

Inscrições: ana@anataboada.com

Descrição:
Sejamos mulheres menstruadas – com um ciclo natural ou artificial – sejamos não menstruadas, todas beneficiamos do Poder da Lua! A Lua são as nossas hormonas e variam de forma cíclica todos os meses… as hormonas são o nosso humor, mas também o nosso êxtase!

O Sol é o nosso sangue! Essa energia que ora é renovada, ora se esgota, ora é vitalidade e criatividade, ora borbulha como uma fera de emoções… Respeitando o ciclo da nossa Lua interna e harmonizando o nosso Sol interno é possível sermos mulheres mais criativas, mais intuitivas, mais motivadas, mais plenas, mais expressivas, mais REALIZADAS & FELIZES!

Basta de dar ênfase ao estilo linear, masculino “do it – do it – do it!”, tão impregnado nos dias de hoje… queremos ser mulheres de sucesso, mas felizes, empoderadas de vitalidade, energia criativa, intuitiva, suavidade e paixão!

Programa:
– Dakini Yoga que inclui Qi Gong Feminino para harmonizar a Lua e o Sol internos;
– Dança Dakini que inclui movimentos pélvicos para libertar as tensões pélvicas;
– Círculo das Dakinis para partilha e debate com sessão teórica sobre a menstruação: cuidados de saúde, yoga e meditação; como sair do mito da consistência feminina e, em vez de resistir e controlar, aprender a abraçar a onda dos nossos ciclos naturais; como libertar o medo, vergolha, falsas crenças relativamente ao ciclo menstrual, fluidos, corpo, emoções…
– Massagens a pares e individuais;
– Meditações/visualizações para purificação do corpo, energia e mente com o poder da Lua.

A trazer:
– Roupa confortável para excercício físico
– Meias quentes porque não se entra calçado dentro do Estúdio
– Garrafa de água
– Comida prática, mas se possível saudável para o almoço (para quem quiser ficar no Estúdio e aproveitar para conviver – não esquecer de trazer talheres caso precisem).

cursofilosofiabudista

Evento: Ciclo de Cursos de Filosofia & Psicologia Budista
5o Módulo: Treino do Corpo (módulo independente e aberto a todos)
Data: Domingo, 4 Dezembro

5o Módulo: Treino do Corpo

Conteúdo programático:
– introdução à medicina tibetana
– teoria dos 5 elementos e a nossa relação com a natureza
– a visão tantrayana do corpo e mente (segundo o Tantra de Guhyasamaja)
– a essência da prática tantrayana
– Prática da meditação do amor e compaixão substancial

Inscrições: ana@anataboada.com

*****

Retiro Mindfulness & Spa

retiromindfulness

Evento: Retiro Mindfulness & Spa

Datas: 25 a 27 Novembro 2016

Local: Hotel Minho**** – Vila Nova de Cerveira

Preço: 230€/pessoa

Inclui:

  • Introdução teórica e prática de Mindfulness (desde a base de Mindfulness, passando por Mindfulness dos sentidos e Mindfulness do coração);
  • Alojamento em quarto duplo em regime de pensão completa (incluindo jantar de sexta e almoço de domingo);
  • Os jantares e almoços são servidos no Restaurante Braseirão do Minho contíguo ao Hotel a 150 metros com acesso por passeio a pé;
  • Acesso a todos os espaços de lazer do Hotel; estacionamento e internet (wi-fi) gratuito;
  • Acesso à piscina interior e circuito de águas, sauna e hammam;
  • Oferta de 1 banho de barrica ou de lavanda (30min).

Requisitos: não é necessário ter uma experiência prévia com qualquer prática meditativa. Os participantes receberão orientações para aprenderem a integrar as práticas no seu dia a dia.

Inscrições: ana@anataboada.com

Descrição:

Um retiro é uma oportunidade única para sair das nossas rotinas e stress diários, e com a ajuda de boas condições e orientações aprendermos a relaxar, a meditar para acalmar, abrir os nossos sentidos e coração às nossas necessidades, aos outros e à vida!

Quando aprendemos a estar no momento presente, a sentir o poder do agora e a relaxar o nosso corpo e a nossa mente, começamos a ganhar a capacidade de sair das preocupações, frustações, ansiedades, medos e todas as neuroses mentais… começamos a ganhar mais consciência, clareza mental e poder de decisão… começamos a recuperar a nossa autoconfiança e coragem interna… começamos a aprender a apreciar a vida e a usufruir dos seus encantos com total plenitude… começamos a saber o que realmente significa amar e abrir o coração… porque Mindfulness é a base para corações abertos, mentes felizes e vidas plenas!

Programa completo:

Dia 25 Novembro (sexta)

19:00 às 19:30 – Check-in

19:30 às 20:15 – Apresentações e introdução ao retiro

20:30 às 22:00 – Jantar

22:00 às 23:00 – Introdução teórica às bases de mindfulness (inclui prática)

Dia 26 Novembro (sábado)

8:00 às 8:45 – Prática de Mindfulness (frequência opcional)

9:00 às 10:00 – Pequeno almoço

10:00 às 11:15 – Teoria sobre os preliminares de mindfulness e como integrar no dia a dia para sermos pessoas mais calmas e conscientes (inclui prática)

11:15 às 12:45 – Tempo de lazer para desfrutar do Spa ou outras formas de relaxar (ir caminhar ou correr, fazer uma leitura, receber uma massagem, etc)

13:00 às 15:00 – Almoço & Descanço

15:00 às 16:15 – Teoria sobre a natureza e função da nossa mente e como treinar a mente para termos mais clareza mental e poder de decisão (inclui prática)

16:15 às 16:45 – Pausa de 30min

16:45 às 18:00 – Introdução teórica ao mindfulness dos sentidos (inclui prática)

18:00 às 19:45 – Tempo de lazer para desfrutar do Spa ou outras formas de relaxar (ir caminhar ou correr, fazer uma leitura, receber uma massagem, etc)

20:00 às 21:30 – Jantar

21:30 às 22:30 – Questões & Respostas com Convívio

Dia 27 Novembro (domingo)

8:00 às 8:45 – Prática de Mindfulness (frequência opcional)

9:00 às 10:00 – Pequeno almoço

10:00 às 11:15 – Teoria sobre mindfulness do coração e como sermos pessoas mais amorosas e compassivas (inclui prática)

11:15 às 11:30 – Pausa de 15min

11:30 às 12:00 – Conclusão teórica

12:00 às 13:15 – Tempo de lazer para desfrutar do Spa ou outras formas de relaxar (ir caminhar ou correr, fazer uma leitura, receber uma massagem, etc)

13:30 às 15:00 – Almoço & Despedida

 

Como chegar ao Hotel Minho? Todas as informações aqui.

banhos-parados-026a0cac4c4dd039885ea004f3d7f881.jpg

Mais sobre Retiro de Mindfulness:

Momentos de teoria, partilha e debate preparam-nos para preciosos momentos de prática orientada de mindfulness, com muito silêncio mental e um longo mas gratificante caminho em direção ao interior de nós mesmos.
Mas depois vêm as deliciosas refeições em grupo com risadas e bastante convívio… Após as principais refeições um descanso merecido para dar um pouco de espaço para se integrar tudo o que foi vivenciado.
E claro, com a mente e o corpo já bem preparados, não poderia faltar o spa para despertar-se os sentidos para o êxtase do corpo e a felicidade da mente.
Primeiro vamos procurar criar muito espaço mental, depois relaxar os nossos corpos, a seguir abrir bem os nossos sentidos e por fim o nosso coração.
O final só poderá ser bem feliz!

A arte de silenciar a mente…

Mindfulness3

A arte simples de mindfulness é, com o poder do momento presente, sairmos das nossas neuroses mentais, ansiedades, frustrações, preocupações, medos, angustias… sair de todos aqueles pensamentos que nos esgotam, de todos os conceitos que nos limitam.

Sentar, focar, estar plenamente atento e consciente e relaxar… Estar “aqui” e “agora”… Sair do passado, não entrar no futuro, não mudar o presente… e sem mudar, estar e ser… Esta é a arte de mindfulness, de encontrar a felicidade na simplicidade pura da consciência de respirar, de sentir, de não pensar… de encontrar um oceano de amor em cada gota de chá.

A sessão de mindfulness do próximo domingo, dia 25, vai ser um ritual para encontrarmos o silêncio da respiração, o silêncio do corpo, o silêncio da mente… e através de um ritual de chá – incluído na sessão de meditação – encontrarmos o silêncio de cada gota de chá… porque com a ajuda do ambiente, da orientação e da energia do grupo é possível repousar no silêncio!

“Onde quer que estejamos, “aqui” é o centro da viagem da nossa vida. Aqui não há limiar, nem exterior, nem mais baixo, nem mais alto, nem princípio e nem fim.”

E para quem entrar mais fundo nesta arte, amanhã iniciará o Curso de Meditação Mindfulness… Vê todas as informações aqui.

Por fim, um pequeno presente… uma pequenina amostra do que é esta meditação tão simples, mas tão especial…

ritual-mindfulness

Próximos eventos:

Meditação Mindfulness

Mindfulness

Curso Teórico-Prático de Meditação Mindfulness

Curso Teórico-Prático de Mindfulness (parceria com Plataforma Família)

Conversa sobre Mindfulness – Sessão Gratuita – dia 21 Setembro às 20:30

Curso: dias 24 Setembro, 1 e 15 Outubro (9:30 às 13:00).

Formadora: Ana Taboada

Destinatários: pessoas interessadas em iniciar a prática; praticantes que querem aprofundar os seus fundamentos filosóficos e a própria prática; empresários; educadores; profissionais de saúde.

Alguns benefícios da prática: calma mental, maior consciência plena; gestão dos pensamentos e das emoções, redução de stress físico e emocional, aumento da concentração e memória; bem estar físico.

Conteúdo programático:

▪ O que é mindfulness . O que é meditação . Tipos de meditação e objectivos . Formas de meditação . A natureza da mente . As emoções e como treinar as emoções.
▪ Bases de mindfulness: Os 9 estágios da meditação . As 4 atenções . Os 5 obstáculos à meditação . Os 8 antídotos . Os 6 poderes da mente.
▪ A prática formal de mindfulness: Antes da meditação . Durante a meditação: posição, respiração, objecto de meditação . Depois da meditação.
▪ A prática de mindfulness no dia a dia: como integrar na rotina diária e nas relações com os outros (ao nivel profissional, familiar, pessoal); técnicas simples para se aplicar a qualquer hora do dia e local.

Total de horas de curso: 10

Custo: 100€

Local: Estúdio de Ana Taboada

Inscrição: info@plataformafamilia.pt ou 253204055 ou preenchendo o formulário aqui.

*** Mais sobre este curso ***

Este curso visa ensinar as bases filosóficas e práticas de mindfulness de forma a que os participantes se tornem completamente autosuficientes. Será ensinada a prática formal de meditação mindfulness, mas também como integrar esta ferramenta no dia a dia para que esta possa trazer rapidamente muitos benefícios.
Entre as sessões os participantes deverão realizar as práticas pedidas para que possam trazer dúvidas e estas sejam esclarecidas durante as semanas do curso.
É comum ao final dos 21 dias de prática os participantes sentirem já muitos benefícios.
Todas as sessões incluiem teoria, debates para esclarecimentos e melhor integração da filosofia e prática.

~ Porquê mindfulness na educação?
Enquanto educadores, pais, professores ou orientadores, mindfulness é, neste momento, uma ferramenta fundamental nas suas vidas. Acredito que a melhor forma de educar é ao dar o exemplo, ser a fonte de inspiração… Se quero ensinar a ser tolerante, eu tenho de o ser; se quero ensinar a amar, eu tenho de amar; tem lógica! Neste sentido, mindfulness vai mudar a vida pessoal do educador promovendo mais calma mental, mais presença e consciência, mais saúde e bem estar, mais gestão emocional, mais empatia e compaixão por si e pelos outros, logo mais tolerância, mais espaço mental. Mindfulness apresenta técnicas simples que serão facilmente aplicadas pelo educador, mas também podem ser facilmente ensinadas às crianças, jovens e adultos em ambiente familiar ou em sala de aula. Apesar das técnicas serem muito simples, quando praticadas com qualidade, a sua eficácia é muito rápida e os resultados são rapidamente visíveis… e se queremos ver a mudança à nossa volta, esta tem começar por nós mesmos! É assim que em vez de simplesmente ensinarmos, inspiramos!

“O professor medíocre, diz.
O bom professor, explica.
O professor superior, demonstra.
O grande professor simplesmente inspira.”
William Arthur Ward

~ Porquê mindfulness como a base para vidas mais felizes?
A cada dia que passa há menos tempo, mais agitação, mais preocupações, mais perturbações, menos calma, menos tolerância, menos espaço mental.
Com apenas 10min diários vou criando, gradualmente, esse espaço… com simples técnicas de segundos, aplicadas várias vezes ao dia, a mudança interna começa a ocorrer… e sem mudar nada externamente, porque mudo internamente, toda a realidade começa a mudar.
Com espaço mental começo a sentir-me naturalmente mais calmo, independentemente das circunstâncias! Com espaço mental, sinto-me, sem esforço, mais tolerante! Com espaço mental posso, mais facilmente, estar mais consciente ao momento presente, ao meu mundo interno e assim conhecer-me melhor… e ao meu mundo externo e, assim, poder estar mais presente e usufruir mais da vida e do que esta tem para me oferecer a cada instante… e sem grandes motivos começo a ser um apreciador constante da beleza que me rodeia!
E assim começo a ver de forma consciente… a ouvir de forma consciente… a saborear de forma consciente… a cheirar de forma consciente… a falar de forma consciente… a tocar de forma consciente… e se estou mais consciente, estou mais presente, estou mais vivo, estou mais conectado… Se estou mais vivo, sou mais amor! Se estou mais presente, dou mais amor!
Mindfulness é consciência, é presença, é amor! A base para vidas mais felizes!

~ Porquê que é tão importante aprender a relaxar?
Ignoramos quem somos e, por isso, temos tantos problemas. Precisamos de nos educar relativamente à natureza da nossa mente, das emoções e da realidade. Aprender a repousar e entender o verdadeiro significado de relaxar e não fazer nada. Quando soubermos o que realmente significa “não fazer nada”, então aprenderemos que “não mudar” é a forma de “mudar”. Ter consciência que alguns minutos diários de ”inutilidade” ou de ”não fazer nada” podem mudar a nossa vida, porque mudam o nosso estado mental, logo a nossa visão da realidade.
No dia a dia somos a todos os instantes confrontados pelas nossas distrações. Perdemos a atenção plena da mente – mindfulness – logo somos completamente vulneráveis a essas distrações que nos retiram do momento presente. Ao perdermos o momento presente, perdemos o nosso espaço. E fora do nosso espaço perdemos a nossa força e poder interno, a nossa sabedoria inata. Geram-se medos e todas as demais emoções perturbadoras que fazem a nossa vida um oceano de problemas e de sofrimento. A solução é simples, mas tão díficil de colocar em prática. Porquê? Porque a distração tornou-se um hábito que se entranhou nas nossas vísceras, envenenou o nosso sangue e contaminou a nossa mente. Demos-lhe tanto poder que agora parece que faz parte da nossa mente e da nossa vida. Contudo, um mau hábito só tem de ser substituído por um bom hábito. Como? Aplicando um correcto método, com um correcto esforço e uma correcta motivação: mindfulness!

~ E que tal também higiene mental?
Todos nós felizmente não questionamos a importância da nossa higiene física. Gostamos de cheirar bem e para isso, tomamos banho todos os dias, lavamos os dentes várias vezes ao dia, etc… e imaginemos se as nossas emoções tivessem cheiro? Sim, se a raiva tivesse cheiro? E se o apego tivesse cheiro? E mesmo a ignorância? Como seria?! Terrível?! Ou talvez não, pois seria a oportunidade para valorizarmos mais as nossas emoções, o nosso mundo interno, a nossa mente.
A nossa sociedade dá muita ênfase à ética e à disciplina, mas de facto, apesar de serem muito importantes, ainda são muito forçadas e não naturais. As emoções continuam lá, ainda que reprimidas e escondidas à espera do momento para virem à superfície. Precisamos de treinar a mente! Precisamos de transformar as emoções perturbadoras em qualidades puras… É urgente purificar a nossa mente… Em fazer emergir as nossas qualidades mais puras como o amor…
Pensemos: como deve cheirar o amor? Deve ter um cheiro extremamente encantador… Então que tal começarmos a fazer uma higiene profunda à nossa mente?!

Mais sobre mindfulness e os seus benefícios aqui.

Não foi amor à primeira vista…

_MG_9452.jpg

A timidez, a vergonha, o medo da rejeição e de não ser aceite, o receio de magoar por não corresponder às expectativas… uma constante luta interna que levou muitas vezes a profundas tristezas e a uma constante insatisfação… enquanto uma voz profunda interna dizia Não, aquela que se ouvia, dizia Sim… Sim ao quê? Ao foi que foi ensinado, ao socialmente correcto, às crenças e aos conceitos tão bem tatuados na psique…

Sim, estou a falar da pessoa mais importante da minha vida… Toda eu e não apenas uma parte de mim… Eu completa e inteira!
Não foi fácil apaixonar-me por mim… Muitos conflitos comigo mesma me levaram muitas vezes a apaixonar-me por um ideal inalcançável e fora da realidade ou por um príncipe que nunca existiu, senão na minha imaginação. Essa necessidade constante de encontrar algo que me completasse ou que preenchesse aquele vazio…

Quem conhece o meu percurso reconhece bem o quanto foi importante eu aprender a ser honesta comigo mesma, ser íntegra com os meus sentimentos, ser autêntica com o pulsar do meu coração para, sem medo, dizer muitas vezes Não. E essa autenticidade só floresceu quando a minha relação comigo mesma começou a ficar clara, fluida, amorosa, compassiva… E foi assim que aprendi que sem me amar a mim mesma de forma completa, aceitando-me e abraçando-me inteiramente, nunca poderia realmente amar ninguém ou mesmo relacionar-me com autenticidade, com os outros ou com a vida… E como agora tem lógica! Enquanto não me sentir completa, inteira, como posso amar ou relacionar-me sem medo? Como posso apaixonar-me pela vida? Eu sou a vida!

A menina tímida, cheia de vergonha, muito reservada, sempre no seu mundo encantado imaginário, com pouca auto-estima, com carências vindas da sua pouca confiança, sempre com medo de magoar os outros que amava e que muitas vezes, mergulhada em estados exageradamente emocionais, a levavam a vitimizar-se; começa a rebelar-se na sua juventude, ainda não sabendo que movida pela raiva, estava a suprimir a sua energia mais poderosa interna… Dizia muitas vezes Não, um Não de raiva, para contrariar, para ser diferente, para não seguir os padrões normais… Um Não que vinha de um estado de insatisfação interno, aquilo a que eu chamo de um nervosinho residual, aquela irritação permanente…

E estes padrões, estes dois extremos, ainda se repetiram por muitos anos, talvez com menos intensidade consoante crescia a maturidade… E agora sei que até aos 29 anos não atingimos a nossa maturidade espiritual… e foi mesmo com essa idade que comecei a dizer Não, já não movida pela raiva, mas sim pela voz do coração. Ainda com medos, com pouca confiança em mim, mas acreditando que não tinha outra alternativa…
Desisti de um emprego estável, de uma carreira profissional bem vista pela sociedade… Foi algo tão raro naquela época que poucos anos depois foi motivo para uma curta reportagem na RTP1.
E ao longo destes quase 10 anos, foram muitos os gritos que dei ao nível profissional… ao ponto de agora ser muito fácil e natural!

Nessa mesma época do meu primeiro grande grito sacrifiquei constituir uma família para me dedicar ao que amava fazer e à minha prática pessoal… Numa relação amorosa e de companheirismo muito bela de 7 anos, viajei muito, mesmo muito, subi as montanhas mais altas do mundo, vivi imensas aventuras abrindo-me a novas culturas, novas formas de ver a realidade. E cada vez mais apaixonada por práticas ancestrais, sentia-me uma yoguini já bastante confiante e aberta… uma guerreira!

Contudo, no inicio de 2013 dou outro grito enorme e, seguindo a minha autenticidade, termino essa relação amorosa… não por falta de amor, não por falta de respeito, mas porque senti que precisava de seguir outras escolhas, outros caminhos… Como foi difícil esse grito… Aquele vazio que estava tão bem escondido, voltou à superfície… noutro formato, noutro registo e foram precisos estes últimos três anos para começar a preenchê-lo… Como? Nutrindo-me, aceitando-me, não tendo medo de ver de frente os meus medos, para gradualmente começar a sorrir para esses medos… Nestes últimos três anos cruzaram-se no meu caminho pessoas, homens e mulheres, que me vieram mostrar aquilo que ainda precisava muito de trabalhar: as falsas crenças de mim mesma; os meus medos mais profundos e, muito importante, o quanto ainda não era autêntica comigo mesma… Mas de todo este profundo trabalho, com ajuda de práticas, de tomada de consciência, de algum recolhimento, aprendi o que é e onde está o meu centro de poder… esse alinhamento que me permite ser autêntica e estabelecer relações autênticas!

E ao estar apaixonada comigo mesma, como é possível não estar apaixonada pela vida? Tudo na vida… outras mulheres, mas também homens que estão em sintonia comigo… com os prazeres mais básicos, como deliciar-me com uma saborosa comida e bebida ou uma simples respiração que me faz abrir à beleza e simplicidade deste momento presente… com a natureza e todos os seus encantos… com o meu corpo ao dançar, ao caminhar à beira mar, ao abraçar e beijar com paixão, ao fazer amor com rendição… mas também naqueles momentos em que estou sozinha comigo mesma a não fazer nada e simplesmente repouso a minha consciência no espaço do meu coração… e sorrio, sim muitas vezes sem motivo, apenas pelo conforto em não sentir essa luta, em não sentir aquele nervosismo latente… sorrio a essa energia que emerge nesse espaço, à vida!