Eu acredito na mudança… e tu?

IMG_3637_sRGB

Comecei pelos agradecimentos, a todas as participantes, mas em especial à Dra Aida, diretora da BLCS, pelo voto de confiança. Foi a segunda vez que apresentei o meu trabalho nas comemorações do Dia Internacional da Mulher e, mais uma vez, foi um sucesso. Recordei que este ano faz 8 anos que estive naquele auditório pela primeira vez a apresentar o meu CD de Taças Tibetanas e Gongos, numa fase completamente diferente daquela em que estou hoje, uma outra Ana, uma das muitas desta existência.
Resgatei do passado também a memória que vim para a Braga há 13 anos, sem familia, sem amigos, mas com a perspectiva de uma carreira como técnica superior de laboratório na ECS da UM… e passados três anos desisto desse emprego “seguro” para me dedicar a uma vida completamente nova, totalmente do zero, cheia de desafios, mas também muitas bençãos…
E numa cidade que não é o meu berço, muito conservadora e cheia de preconceitos, como é delicioso – depois de 10 anos de obstáculos, mas também muitas vitórias; após partir muita pedra, abrir muitas mentes, caminhos e tocar muitos corações – ser reconhecida e receber elogios como:

IMG_3634_sRGB

Possa eu ser a mudança que quero ver no mundo… continuando a inspirar muitos com o meu “Feminino”, “bem-estar”, “harmonia” e “tranquilidade”.
Eu acredito que a mudança é possível! Eu acredito num mundo mais amoroso, compassivo, natural, autêntico, feliz, saudável, harmonioso, livre; onde homens e mulheres não só se respeitam, mas adoram-se! Onde o amor não tem fronteiras, cor, raça, género… onde a compaixão não tem limites… onde é possível a devoção entre muitos corações abertos… onde os corpos vivem em êxtase… onde a sensualidade e a sexualidade é sagrada… onde as relações são vividas com integridade e paixão… Mas também acredito que essa mudança começa por mim… e por ti… por cada um de nós!
Grata à minha família que sempre me apoiou e respeitou incondicionalmente… Grata a quem me segue com tanta determinação e coragem… Grata ao meu companheiro por caminharmos lado a lado, de corações unidos e apaixonados…
Grata a mim, grata à vida e grata a todos que abraçam o caminho da mudança interior!
Todos beneficiamos… o planeta e a humanidade agradece!

IMG_3636_sRGB.JPG

Trampolim da evolução…

Image-1 20.jpg

No deserto profundo de mim mesma, nesse vazio de medos, onde os ventos da mudança beijam a fé do coração, nasce o novo… é hora de respirar fundo e saltar, porque evoluir é ser a própria mudança!
Não há que olhar para trás, o que foi já não é! Não há que ter medo do que vem, porque ainda não o é! Arrumar a casa, limpar o que está sujo, dar o que não se usa, abrir mão do que já está gasto… reciclar, transformar, transmutar, de dentro para fora, bem lá do fundo de mim até todas as áreas da minha vida… é a lei da mudança, é o trampolim da evolução!
Quem não entende esta lei fica preso a um passado que já não existe; condenado a esperar por uma felicidade que nunca chega!
Solto e entrego-me ao fluxo da vida; sem resistir, deixo-me levar pelo rio … e porque abraço o vento da mudança e porque permito-me ser a flexibilidade da água; deixo-me morrer no fogo da transformação… e só assim renasço outra, numa nova vida, numa nova realidade!

Esta força da mudança reside bem lá dentro de mim, nasce no meu sangue, morre nos meus ossos, e volta a renascer na minha respiração… não tem nada de consistência ou de permanência! É a energia, é a vida, logo é a mudança! Confio, aceito e lá vou eu surfando a onda… acreditando no meu valor, nas minhas qualidades, na vida!

Faz este mês exatamente 10 anos que deixei o meu emprego como Técnica Superior de Laboratório na Escola de Medicina da UM. Deitei para trás o título de bióloga de 7 anos e comecei uma vida nova como professora de yoga…
Durante muitos anos, espalhei por todo Portugal as vibrações dos Gongos e das Taças Tibetanas, em 2009 publiquei um CD, mas quando chegou o momento deixei a outros essa arte mágica…
Criei uma linha de cosmética natural e artesanal, onde eu mesmo produzia os produtos com receitas criadas por mim e onde colocava os meus vastos conhecimentos de aromaterapia e óleos essenciais, mas quando chegou a hora também isso deixei a alguém de muita confiança…
Fui aluna e mais tarde formadora de professores da Escola de Yoga Integral de Portugal e quando o senti parei completamente…
Estive quase 4 anos a estudar Medicina Tradicional Chinesa, mas quase a terminar decidi não continuar… Estudei Medicina Ayuvédica e ainda Medicina Tibetana… mas medicina não é o meu caminho…
Queimei pestanas a estudar Filosofia de Yoga de muitos estilos e tradições…
Passei pelo hinduísmo, taoísmo e parei no budismo… No budismo comecei com o Zen, mas foi no Budismo Tibetano que encontrei raízes… Aprofundei Psicologia e Filosofia Tibetana, incluindo o budismo tantrayana que ainda hoje é e será a base de todo o meu trabalho…
Patenteei um novo estilo de yoga – Pulsar Yoga – fiz muitos vídeos no youtube, fiz retiros, ensinei muitas pessoas e, num certo dia, decidi não dar continuidade…
Sou formadora de professoras de Lu Jong, dei a conhecer o Lu Jong a Portugal, espalhei professores por todo o país e este ano vou dar as últimas formações…
Durante 10 anos dei aulas regulares de yoga (passando por muitos estilos, desde yoga para crianças, grávidas até power e vinyasa yoga) e neste próximo Julho vou deixar de dar… (sim Junho é o último mês de aulas regulares de Lu Jong, Tsa Lung e Mindfulness dos Sentidos)

E quando algo acaba, abre-se espaço para que o novo entre… Sim, virão novidades! um novo site para finais de Abril… cursos de massagens para o final do ano… rituais para casais… e muito mais virá… incluindo novos interesses/estudos em novas áreas e um elemento masculino que me vai ajudar no meu trabalho… 😀
Durante esta caminhada levarei sempre comigo todos os conhecimentos que todos os dias procuro transformá-los em sabedoria com as minhas práticas diárias… para que não pesem, para que fiquem leves e me deixem voar!
E tudo o que não fizer sentido para ti, deixa ir… mas tudo o que ressoa no teu coração, aproveita… deixa-te inspirar e vem voar comigo!

img_2973

Vamos nos conectar?

IMGP5068

O Inverno está a chegar, as folhas de Outono já caíram, já cheira ao fumo das lareiras ao entardecer e dá vontade de hibernar… repousar no nosso cantinho, aninhadinhos com quem nos é mais querido ou no nosso espaço de contemplação e silêncio. Os dias mais curtos convidam-nos a voltarmos para dentro… numa jornada ao interior mais profundo de nós mesmos. É tempo de reflexão, de parar para analisar o que foi feito de bom ou menos bom. É tempo de amadurecer com os erros e deixar a sabedoria emergir. É tempo de ouvir o coração, sentir a sua confiança profunda para que nos ajude a renovar a nossa motivação… É tempo de sentir que o meu sofrimento e as minhas dores, não são só minhas, mas também a dos meus antepassados, mas também de toda a humanidade, mas também de todos os seres… porque a minha história profunda, é também a tua história profunda com diferentes medos, frustrações, angústias, tristezas, desilusões, mas resumidamente dores que nos ferem a todos! Por isso, é tempo de abrir o nosso coração ao amor e à compaixão… de acender a velinha do nosso coração e fazer espalhar essa luz como uma estrelinha que brilha para todos os querem ver e sentir!

Mas também é tempo de saborear o chá bem quente com os biscoitos a cheirar a canela acabadinhos de sair… e ao final do dia deixar imergir o meu corpo num quentinho banho de imersão que me faz sentir renovada… e quem sabe enquanto relaxo ouço um ensinamento que me faz voltar a casa!

Para esta época que deveria ser de quietude e serenidade, em que os nossos elementos Terra e Água estão mais ativos, é tempo de abrandar, ouvir profundamente, abraçar ternamente, estar presente para amar conscientemente. Que tal praticarmos Mindfulness, juntarmo-nos em Rituais de Meditação, estarmos com os nossos mais queridos de forma mais presente, abrirmos os corações ao amor e compaixão? Que tal começarmos a recolhermo-nos mais e a criarmos um espaço em casa para o nosso ritual espiritual, para a nossa invocação, meditação ou contemplação?

Aceitem e usufruam do meu presente – para todos os que querem ser a mudança que querem ver no mundo! -, um pequeno excerto de uma das meditações realizadas no Ritual de Lua Cheia:

E porque as tecnologias também nos trazem muitos benefícios vou pela primeira vez fazer um Live gratuito no grupo secreto do FB: Círculo das Dakinis. Se és mulher só tens de aderir a este grupo, caso ainda não tenhas feito. E dia 26, segunda, às 19:30, hora de Lisboa, (ou um pouco antes) conecta-te à internet, acede ao grupo e aguarda por mim… vamos ver como corre e certamente vamos nos conectar!

Em tempos de agitação, desastres e tanto sofrimento gostaria de falar um pouco de Mindfulness do coração e, claro, também praticarmos um pouco… Tem uma velinha contigo também e procura garantir que durante 60min não és incomodada.

Aproveito para desejar a todos os meus alunos, seguidores e amigos um Feliz Natal, seja qual for a tua religião, filosofia ou tradição. Tens um corpo que se quer curar? Tens uma mente que se quer acalmar? Tens emoções que se querem dissolver? Tens um coração que se quer abrir? Então, és e serás sempre bem vindo(a)! Grata por estares aí… a tua presença faz-me continuar!

Próximos eventos:

ritual-ano-novoelemento-ventoformac%cc%a7a%cc%83olujong

Help!

Image-1 20

Ontem recebi um email de uma amiga a dizer o quanto estava comovida ao ter lido um antigo email meu de resposta a um “Help!” seu…
“Help!” era o assunto do seu email e já foi em Julho de 2013, mas ao ler as minhas palavras de resposta também eu fiquei comovida… certamente que eu estava inspirada quando as escrevi e tocaram-me tanto que resolvi partilhá-las neste artigo…
Todos temos momentos que precisamos de gritar Help!, e o quanto é bom termos a quem recorrer e a quem nos possa com a sua empatia e compaixão dar um colinho… há diferentes tipos de colinho para diferentes momentos ou pessoas, mas palavras e orientações que nos confortam e nos aquecem o coração podem ser um deles.
As palavras deste email são muito simples e poucas, mas as suficientes como resposta a um email de quem já me tinha ouvido muito:

“Luta pelo que queres, mas não lutes contra o que não queres…. entendes? Quanto mais lutas, mais te enterras. É como estar num lago lamacento. Nunca sairás de lá se reagires muito… mas se com calma procurares soluções, então vais conseguir. Mas não em desespero. Porque a mente agitada não toma boas decisões.
Começa lentamente a procurar alternativas para o fazes, a estar atenta e assim encontrarás as oportunidades.
Por vezes pode demorar anos até conseguirmos, mas vale a pena o esforço. Não desistas, mas também não desesperes!
Procura colocar os ensinamento em prática, é assim que vais conseguir… e acredita que é possível! Tudo é possível!
Tem calma… gradualmente vai fazendo o que gostas… gradualmente! Porque o caminho faz-se caminhando, passo a passo… ;-)”

Agora recordo-me que na data que escrevi este email não estava numa fase fácil emocional, que teve repercussões graves na minha saúde física… mas olhando ainda melhor para trás vem-me à memória que esse ano não foi de todo fácil, marcado o início com uma separação amorosa de 7 anos que tinha tudo para dar certo, excepto dois caminhos que eram cada vez mais diferentes e que tinham de ser respeitados… E mais umas quantas duras lições da vida culminaram num Agosto com uma infeção nos rins e uma enorme debilidade física…
Sim, olho para lá e consigo perceber que aliado ao meu conhecimento havia experiência e quando estas duas se combinam de forma perfeita, nasce a tão desejada sabedoria… e ao ler estas palavras consigo sentir uma enorme confiança na vida e isso faz-me soltar uma lágrima, não de sofrimento, mas de comoção… aquele momento quando o sentimento toca fundo o coração e faz estremecer o corpo desde a medula dos nossos ossos.
Como sei agora que conhecimento não basta! Estudar, saber tudo bem estruturado mentalmente apenas nos torna mais controladores. Se este conhecimento não descer ao coração de pouco serve… e a melhor forma de descer ao coração é através da integração da prática na vida e do sentimento. Porque sem sentimento, não há experiência… Juntos, conhecimento (estudo e consciência) e experiência/prática (sentir e meditação), podem se tornar ouro… o ouro da sabedoria!
E sim, o caminho faz-se caminhando, passo a passo… E como o meu coração sorri ao ter consciência do meu caminho, ao sentir os meus passos…

Neste momento dou consultas de orientação espiritual (segundo a psicologia tibetana) de forma presencial, mas também via online. E este ultimo método tem sido cada vez mais solicitado… vê mais aqui e contacta-me por email: ana@anataboada.com.

Próximos eventos:

IntensivosTsaLungDakinis_Julho_AnaTaboadaCursoBudismo

 

Novidade : Ciclo de Cursos sobre a Filosofia & Psicologia Budista

10393882_417188048438885_2499267000598989650_nFoi no início deste mês que pela primeira vez uma aluna me procurou e pediu-me para em aulas privadas lhe ensinar “tudo” sobre budismo … adorei o desafio , mas rindo-me disse-lhe que lhe ia ensinar apenas a essência do budismo segundo o meu estudo , análise e , o mais importante , de acordo com a minha experiência … sem experiência não há realização e sem realização não há sabedoria. E ao longo destes últimos anos aprendi que o conhecimento está muito longe de ser sabedoria se não for colocado em prática.
Confesso que não sou estudiosa e os alunos riem-se sempre que faço esta afirmação , mas garanto que é verdade … o que sei vem de “ouvir” cada palavra de sabedoria com o coração ou o chamado “ouvir profundo consciente” … vem da minha análise diária , em especial durante o meu pequeno almoço , onde olhando o vale lá fora , deixo-me levar em reflexões e contemplações analíticas usando o máximo possível as lógicas que tenho vindo a aprender … vem de alguns , mas muitos poucos , livros que são verdadeiros “mestres” pela forma como despertaram a minha sabedoria interna … e finalmente vem muito da minha própria prática meditativa … seja meditação formal , sentada ou em movimento , seja em cada momento do meu dia a dia , porque a vida é e sempre será o meu maior mestre.
Tenho alguns mestres que me inspiram a todo o momento e me fazem acordar o meu mestre interior … o meu mestre raiz Tulku Lobsang foi quem , desde 2007 , mais me tem ajudado a despertar esse mestre interno através da sua sabedoria e de várias práticas poderosas de yoga tibetano que tenho vindo a aprender nos imensos retiros que tenho vindo a fazer e foi quem verdadeiramente me levou a realizar que a vida e quem se cruza no meu caminho é mesmo o meu maior mestre. Mas tenho outros grandes mestres , muitos outros … uns ficaram pelo caminho e o que ficou foi uma enorme gratidão e respeito … outros ainda estou a descobrir e todos os dias me surpreendem… e tudo o que sinto , partilho e ensino é uma parte deles , mas também uma parte de mim e assim se dá continuidade de algo que está para além do tempo , da época e da cultura porque é o estudo da nossa natureza. E esta é a essência do que eu ensino , não os rituais ou a cultura budista , mas a essência do budismo , pois é esta essência que me transforma todos os dias e me conduz cada vez mais perto da minha verdadeira natureza.
E sempre acreditei que sem a experiência o conhecimento é apenas um pensamento e nunca um sentimento … e por isso dizem que falo desde coração , porque falo sentido , com uma dimensão real … e sempre que está para além do que sinto , mas acredito que seja assim , procuro falar com a lógica porque essa nunca se engana.

Então pela primeira vez vou lançar um Ciclo de Cursos de Filosofia e Psicologia Budista que vou dividir em três partes:
– Treino da Mente
– Treino do Coração
– Treino do Corpo
Estas são e sempre serão as minhas três práticas e aquelas que fazem de mim o que sou agora e por isso decidi partilhar em forma de cursos estruturados para todos os que se interessam por saber mais sobre a vida , sobre a mente , a natureza da dor e do sofrimento e como ser naturalmente feliz … e , claro , aberto a todos os curiosos que acham que podem aprender algo mais com esta sabedoria ancestral que hoje em dia está cada vez mais atual com os avanços da ciência.

Mais informações:
Ciclo de Cursos de Filosofia & Psicologia Budista

1o Módulo:
Treino da mente 1
Conteúdo programático:
– os 4 pensamentos de transformação
– os 4 selos do pensamento budista
– introdução à psicologia budista e ao estudo da mente conceptual
– introdução à teoria de mindfulness e à arte contemplativa
– Prática de mindfulness da respiração

Dia 8 Novembro , domingo , das 14:00 às 19:00 , 40€/pessoa

Inscrições : ana@anataboada.com
2o Módulo:
Treino da mente 2
Conteúdo programático:
– estudo da mente conceptual segundo a psicologia budista
– as ciências contemplativas e a sabedoria
– treinar a mente para ser mais calmo e feliz
– treinar o coração (mente subtil) para ser mais compassivo e amoroso
– Prática de meditação contemplativa

3o Módulo:
Treino do coração 1
Conteúdo programático:
– a arte do amor e da compaixão
– a devoção , a fé e a compaixão como formas de abrir o coração
– o significado de ter um mestre e de refúgio
– métodos de geração de bodhichitta (estado da mente desperta)
– Prática da meditação do amor e compaixão conceptual

4o Módulo:
Treino do coração 2
Conteúdo programático:
– evolução , karma e renascimento
– o significado e processo da morte
– estudo dos vários estágios da morte
– introdução ao budismo tantrayana
– Prática da meditação da impermanência

5o Módulo:
Treino do Corpo
Conteúdo programático:
– introdução à medicina tibetana
– teoria dos 5 elementos e a nossa relação com a natureza
– requisitos para a prática tantrayana
– a visão tantrayana do corpo e mente (segundo o Tantra de Guhyasamaja)
– Prática da meditação do amor e compaixão substancial

Photo 10dreamstimeextrasmall_24047029Ana's Logo with Circle V2b

O despertar do guerreiro interno …

PowerLuJong6Sou Terra e Fogo por dentro … Sou água e vento por fora … num corpo de mulher sensível e cheio de potencial … num coração que deseja se tornar indestrutível como um diamante.
Nem sempre em equilíbrio , nem sempre num estado de equanimidade , nem sempre encontrando esta qualidade equilibrada e cheia de potencial do elemento espaço.
Mas a guerreira interna sempre lá esteve , determinada , realista , enraizada , confiante , destemida , aventureira , a força de uma montanha com o elemento terra … a motivação em ação tem altos e baixos , vou buscar às práticas , ao fogo interno e às pessoas que me cercam que são mais fogo e fazem despertar em mim a sabedoria transformadora deste fogo que arde sem se ver e que faz mover a montanha até onde for preciso…
A água com a sua suavidade e ternura foram desenvolvidas através de um amadurecimento do meu aspecto mais feminino … o fogo tem de ser equilibrado com a água . Este gozo , esta felicidade-êxtase que se gera através de um corpo sensível e aberto ao sentir , à experiência … que permite que o fogo faça derreter gotas de bliss e assim despertar êxtase , prazeres subtis internos que fazem despertar a dakini interna. Este amor bondoso que faz verter lágrimas num abraço terno , num beijo doce , numa carícia cheia de afecto , num olhar penetrante de olhos com olhos , num sorriso de uma criança , na dor e doença à nossa volta , no sofrimento sem fim em todas as suas formas mais visíveis ou invísiveis , numa palavra de amor , no riso sem fim e sem motivo aparente…
O vento faz fluir , faz movimento , faz gerar fogo , faz sentir … precisa de sabedoria para ir na direção correcta , precisa de enraizamento para não ir além da realidade …
O guerreiro sabe usar os elementos para ser forte , determinado , confiante , destemido , realista , aventureiro , motivado , corajoso , persistente , compassivo , amoroso , sensível , aberto , apaixonado , inteligente , perspicaz … um guerreiro sábio … que abre a sua mente , libertando-se do medo , falsas esperanças , conceitos limitadores para abrir o seu coração … esta abertura necessita da coragem de 100 leões … é o rugido do leão ! É a loucura sábia do guerreiro!
O mais belo da nossa natureza é que todos , homens e mulheres , sem excepção , temos algures , escondido ou adormecido , esse guerreiro que tudo faz acontecer , essa dakini destemida e sábia que tudo torna possível … que faz transformar a raiva em compaixão e coragem , o medo em confiança e segurança , o desejo em amor puro , o conceito limitador em liberdade , a confusão e ignorância em sabedoria!
Todos temos este poder … Todos temos este Power ! Só precisamos das ferramentas correctas , de um método poderoso ! Queres conhecer e despertar esse guerreiro interno?!

*****

Aula Especial Power Lu Jong

O Power Lu Jong é yoga com vigor , com força , com imensa vitalidade e alegria de viver . É paz e êxtase , é relaxamento e diversão . São corpos tonificados , bonitos , são mentes focadas e conscientes . É rir muito , sentir ainda mais . É ser o que se é , reconhecendo o gozo de termos um corpo perfeito para a liberdade , alegria e satisfação.
Neste intensivo “ a duas mãos ” ( A + B ) vamos sentir como a junção dos elementos é perfeita : a Terra e a Água da Ana + o Fogo e o Vento da Bárbara . Como podemos tornar o corpo forte e resistente num ambiente descontraído ao som de música jazz e de um chill out super cool.
Serão minutos de entrega ao Corpo , à Mente e à sabedoria louca.

Data : 2 Maio , Sábado
Hora : 17:30 às 19:00
Preço : 10€
Local : Estúdio de Yoga Tibetano ~ Ana Taboada
Inscrições : barbara@anataboada.com

PowerLuJong10Ana's Logo with Circle V2b

Esta é a minha dança …

AnaBarbara

” Sou os sentidos , a luz e o riso que me abre , que me desperta , sou o desejo de identidade em relação ao mundo mas em contornos de Felicidade e Alegria que flui , que brinca e que nunca perde a Esperança . Será esta a Sabedoria Louca ? “

Estas foram as palavras do artigo ” Sabedoria louca? “da minha querida Bárbara , inspiradas no espectáculo ” PELE ” do Teatro Circo que ambas fomos ver no Dia Internacional da Dança.

Sem dúvida que sem sentir não há experiência e a pele é o nosso maior órgão dos sentidos … e não só maior , mas aquele que permite um acesso mais rápido e intenso às nossas experiências . Toco , sinto e logo uma série de emoções afloram à superfície … agora a escolha é minha :
– rejeito o que estou a sentir , ignoro , brinco a um faz de conta por medo de falhar , de sofrer , da decepção ou simplesmente por sentimento de culpa , vergonha , insegurança…
– ou deixo-as vir juntamente com expectativas , exagerando o que é ou sonhando com o que gostaria que fosse…
– mas que tal abraçar o que vem tal como é , sem reprimir ou acrescentar , simplesmente reconhecendo-as?
Para esta última visão preciso da sabedoria louca de dar espaço para a emoção emergir , com total reconhecimento do seu lado alegre ou do seu lado doloroso . Dança e música tornam-se um!
O reconhecimento é a nossa total atenção . O espaço onde esse reconhecimento se dá é a nossa plena consciência . Esse espaço permite não nos apegarmos e não resistirmos a essa emoção e como tal a emoção passa a ter a capacidade de ser transmutada . É a alquimia da mente . É transformar o chumbo em ouro . Essa transformação implica libertarmo-nos do medo de não deixar vir a emoção . Permitirmos ” estar ” , ir através dela , mas não porque ela nos invadiu , mas sim porque demos espaço para entrar . Assim se estabelece um relacionamento , uma dança sem resistências , com ritmo … assim descobriremos que o sofrimento contém extrema felicidade . E esta alegria , esta plenitude não estão baseadas em fantasias ou medos . Mas simplesmente em reconhecermos a natureza da própria emoção e a nossa própria natureza …
Criamos espaço e tudo é possível … Criamos espaço e a emoção derrete-se no coração … Não é um jogo , mas simplesmente um reconhecimento sem lutas … Rendemo-nos , o coração abre-se , vem o silêncio , sentimos paz e uma imensa calma e finalmente repousamos nessa plenitude que emerge . Podemos chamar amor ou felicidade absoluta … ou aquela alegria inata que nos faz rir sem motivos!

E esta é a minha dança … neste desafio constante de reconhecer que não há luta , apenas repousar , usar as emoções para meditar em atenção total e consciência plena , para encontrar esse espaço e não ter medo da emoção , para deixar vir , sem me deixar ir com a emoção…

Ontem no Guru/Mantra Yoga gerámos amor e compaixão pelo povo do Nepal, criamos espaço para aceitarmos a impermanência da vida e deixar vir esse lado mais doloroso desta vida samsárica…

Mas todas as quintas feiras às 20:00 , depois da meditação do amor , há prática de bliss … é a total abertura dos sentidos , deixar vir , entrar para sentir e reconhecer que já somos bliss e já somos amor … dar espaço para sentir gozo , felicidade-êxtase cada vez mais subtil , cada vez mais interno , cada vez menos dependente do exterior … cada vez mais próximo da nossa natureza!

E amanhã há Power Lu Jong com duas ” loucas ” há procura da sabedoria … através do caminho da felicidade , do humor , da alegria … cultivando o que temos : o corpo , a mente … corpo mais bonito e tonificado , mente mais calma e consciente …
… através de posição e movimentos do corpo , respiração específica , visualizações , intenção , atenção total e consciência plena que fazem parte do Yoga Tibetano criamos espaço , abrimo-nos , rendemo-nos … libertamos tensões , rigidez , medos , inseguranças , ansiedade , conceitos , máscaras invisíveis … tornamo-nos guerreiros da sabedoria louca !


Aula Especial Power Lu Jong

O Power Lu Jong é yoga com vigor , com força , com imensa vitalidade e alegria de viver . É paz e êxtase , é relaxamento e diversão . São corpos tonificados , bonitos , são mentes focadas e conscientes . É rir muito , sentir ainda mais . É ser o que se é , reconhecendo o gozo de termos um corpo perfeito para a liberdade , alegria e satisfação.
Neste intensivo “ a duas mãos ” ( A + B ) vamos sentir como a junção dos elementos é perfeita : a Terra e a Água da Ana + o Fogo e o Vento da Bárbara . Como podemos tornar o corpo forte e resistente num ambiente descontraído ao som de música jazz e de um chill out super cool.
Serão minutos de entrega ao Corpo , à Mente e à sabedoria louca.

Vagas limitadas.

Data : 2 Maio , Sábado
Hora : 17:30 às 19:00
Preço : 10€
Local : Estúdio de Yoga Tibetano ~ Ana Taboada
Inscrições : barbara@anataboada.com

IntensivoPowerLuJongAna's Logo with Circle V2b