Honrar ser mulher, ser mulher por inteiro!

Image-1 5 copy.jpg

O que será ser mulher por inteiro? O que é isso de ser mulher completa? E o que é honrar ser mulher?
É bastante claro para mim que honrar significa abraçar todo o universo de um ser e não apenas uma parte… mas é também dar-lhe a devida atenção e valor… É sem vergonha e sem sentimento de culpa, olhar, reconhecer e adorar! Exige aceitação e apreciação.
Aceitar que ao ser mulher tenho uma mente que ora cai num padrão feminino demasiado emotivo que se vitimiza, ora no padrão masculino demasiado racional que se torna controlador… é purificar essas energias para que o feminino e o masculino dentro de mim se equilibrem e a inteligência se converta em sabedoria.
Aceitar que tenho uma força selvagem que corre no meu sangue e nasce nos meus ossos… é libertar a mulher ancestral que está para além da cultura, da sociedade e do conceito, que é fogo e que é terra, que é coragem e se expressa sem medo. É descobrir esse meu centro de poder interno e colocá-lo em acção respeitando o meu alinhamento.
Aceitar que tenho um coração que ama, que cuida, que acarinha e vê a beleza à sua volta como reflexo da sua própria beleza. É a suavidade da água e do vento que me faz ser doce, flexível, amorosa, ser amante, mãe e cuidadora.
Aceitar que nesta mulher há a inocência de uma criança que grita para ser espontânea, criativa e que anseia por rir até chorar e brincar até morrer…
Aceitar que esta mulher se deve olhar ao espelho e gostar e adorar o que vê, gostar e adorar o que toca… um corpo perfeito para despertar mil e uma sensações e para sentir puro prazer. Um templo sagrado que é sensorial e que é sexual e que é sensual e que precisa de ser nutrido e cuidado, curado e transformado, respeitado e purificado… e não só uma parte, mas sim todo ele, incluindo as partes mais íntimas e mais sagradas que contêm escondidas os seus maiores tesouros, mas também o seu passado recalcado, os seus medos escondidos, a sua herança mal resolvida, a sua vergonha disfarçada.
Aceitar que esta mulher quer ser feliz, quer amar, quer sentir êxtase até ao infinito porque este é o seu potencial… quer expandir, quer ser inteira, quer ser completa porque isto é ser Dakini!

Resgatar a mulher inteira, aquela que é fogo, mas também água… aquela que é terra, mas também vento… aquela que aprende a equilibrar e purificar as suas energias mais femininas e mais masculinas… aquela que é mente, mas também é corpo… aquela que é coração, mas também selvagem… aquela que é criança, mas também é deusa… aquela que dança no espaço aberto empoderada e livre de medos… aquela que se rende e se entrega sem perder a sua autenticidade… É curar a mulher ferida, é transformar a mulher selvagem, é sublimar a mulher deusa, é celebrar a mulher Dakini!

 

E eis o meu mais recente vídeo já online no meu Canal de YouTube sobre o princípio ativo da Dakini:

Image-1 7.jpg

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s