Haverá sabedoria num pedaço de chocolate ?!

Qdo o chocolate acabaTodos , sem excepção , procuramos muitos e diferentes “chocolates” na nossa vida . Fontes de desejo que nos satisfaçam … fontes de felicidade , alegria , diversão . Ora a nível profissional , ora a nível familiar ou mesmo com os objectos que nos rodeiam : o carrinho e casinha de bonecas até ao carro e casa a sério ! A sociedade ensinou-nos que “ter” era a única forma de ser feliz . Mas quanto mais temos , mais cresce a incessante insatisfação , e é assim que a felicidade se torna muito cara ! Com a idade , o “chocolate” fica mesmo cada vez mais caro ! Então qual é o problema de “ter” o “chocolate” ? Será a solução não ter “chocolate” ?
Mas não será que os “chocolates” existem para nos saciar , para nos deliciarmos … então porque não sabemos usufruir plenamente , com total satisfação , sem criar medos , sem criar expectativas ?
Primeiro vem o medo … esse fantasma que nos leva a acreditar que o chocolate nunca chegará e esse medo é tão forte que quando a vida nos apresenta à nossa frente o chocolate , nós nem o vemos …
… ou se o vemos temos medo de lhe tocar , pois a vida ensinou-nos que um dia este vai acabar , por isso – “rejeita o chocolate”! – diz o medo …
… e se por ventura , já fomos corajosos para colocar o chocolate na nossa boca , não o sabemos usufruir plenamente , pois o medo de o perder tira-nos do momento presente … até que ele acaba mesmo e vem o medo de ele nunca mais voltar … aiii o estúpido do medo!!!
Depois vêm as expectativas … como eu quero muito o chocolate , vêm os sonhos à volta do chocolate … tem de ser belga , em forma de coração e coberto de chocolate branco ! e quando finalmente chega , pobre chocolate , por mais lindo e saboroso que seja , aos nossos olhos cheios de expectativas , fica reduzido a um grão de cacau insignificante …
… mas até tivemos uma mente vazia de conceitos e um coração aberto para experimentar o chocolate e até gostamos do chocolate : que vida linda !!! até o momento em que as nossas expectativas começarem a dizer que o chocolate tem de permanecer assim para todo o sempre … senão , deixa de ser o “meu chocolate” do meu coração … mas como um chocolate pode permanecer o mesmo para sempre ?! Só pode começar a cheirar muito mal … ehehehehe

Então qual é problema ? Dos “chocolates” ? Ou das nossas ilusões ?! dos nossos medos e das nossas expectativas que nos cegam e que são apenas conceitos criados pela nossa mente cheia de apego e ignorância ?!
Agora eis as questões :
Haverá mesmo um chocolate inesgotável ? Uma fonte de felicidade sem principio e sem fim ? Como chegar a essa fonte de “fondue” de chocolate ?
Como alcançar um estado de eterna satisfação usufruindo de forma plena e consciente dos “chocolates” da vida ? Afinal há sabedoria nos chocolates ??? Ou seria melhor que o mundo não tivesse chocolates ? Ohhhhhh não ! viver sem chocolate NÃO !!! ahahahhahahahhaha
No próximo sábado , das 17:00 às 18:30 , vem descobrir comigo estas respostas através da análise , da lógica e das questões e com as questões encontrar respostas … lembra-te , a tua resposta é sabedoria … e , no final , veremos se o chocolate tem ou não bastante sabedoria … ohhhh se tem … 😉


Somos loucos por chocolate ! Na infância imaginamos : “quando for grande vou comer todo o chocolate do mundo , aí vou ser Feliz” . Depois crescemos , já somos “livres” para comer o chocolate , sem limites , sem ter que ouvir a mãe . Mas quando o chocolate acaba , ou quando o podemos comer a toda a hora , mais tarde ou mais cedo , chega a insatisfação.
Aí decidimos outras coisas , dedicamo-nos a outros chocolates : um emprego estável , um carro , casa , marido , filhos , uma viagem de sonho … e aí vou ser Feliz ! Mas a “maldita” sensação regressa , às vezes forte , outras vezes mais subtilmente , não nos livramos da insatisfação!
Neste seminário , e para nos prepararmos para “quando o chocolate acaba” , realizamos o mundo sensorial e treinamos a mente humana descontente . Através da análise , da sabedoria e práticas meditativas , refutamos a crença de que a felicidade depende apenas das circunstâncias , do exterior , do chocolate . Propomo-nos atingir um relaxamento profundo , uma experiência suave , de uma alegria que se entranha , que se vive , que se integra , que nos satisfaz … mesmo quando o chocolate acaba!

Com Ana Taboada

Data : 14 Março , Sábado
Hora : 17:00 às 18:30
Local : Estúdio Yoga Tibetano – Braga
Preço : 10€

Inscrições : barbara@anataboada.com

IMG_3235

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s