Meditação da Montanha, do Lago e do Céu

[se não conseguires visualizar corretamente as imagens e os vídeos, consulta diretamente o blog: www.anataboada.wordpress.com]

Lagoa do Fogo, São Miguel, Açores

 

Caros amigos e amigas,

 

Como já todos sabem, no passado mês de Agosto estive nos Açores, onde para alem da minha prática habitual, pude realizar caminhadas e fazer vídeos – alguns dos quais já foram divulgados através deste blog.

 

Neste artigo vou partilhar mais uma gravação realizada na magnifica Lagoa do Fogo na Ilha de São de Miguel nos Açores.

A vista deslumbrante para a Lagoa do Fogo inspirou-me para partilhar convosco a meditação da montanha, do lago e do céu.

O que se pretende com esta técnica de treino mental é cultivar na nossa mente a qualidade de estabilidade transmitida pela montanha; a qualidade de espelho transmitida pela lagoa e a qualidade de espaço transmitida pelo céu!

 

Vejam o vídeo e deixem-se contagiar pelas qualidades que tamanha beleza nos proporciona nas nossas mentes. Automaticamente os pensamentos reduzem e a mente acalma. É assim que nos aproximamos da verdadeira natureza da nossa mente mais pura!

 

E lembrem-se, as nossas mentes modernas estão sempre tão agitadas que é muito importante cultivarmos a mente vazia. A mente silenciosa! E a única forma de o fazermos é através da prática regular da meditação!

 

Tentem e nunca desistam… ao inicio dá vontade de fugir!!! Mas não se esqueçam que é a única forma de nos consciencializarmos do estado em que nossa mente está!!!

 

Com toda a minha motivação e entusiasmo,

Ana Taboada

 

 

 

 

3 thoughts on “Meditação da Montanha, do Lago e do Céu

  1. – Em tempos idos, em uma grande lição; – entre tantas, deste monge-aprendiz… ouvi:
    “Feliz são os olhos de meu filho, que agora vêem” –
    Sim; pois antes de mais nada é necessário, despertar o nosso “EU” interior, para que possamos ver alem das aparências do mundo da Ilusão! – Nosso verdadeiro mundo interior, que é nossa parte no Universo.
    Você filha, es já parte, do verdadeiro… do não visto; do intocável, o Self. Fazes parte dos Himalaias! Imponente, firme e aparentemente imutável. Mas; presente, concreto a marcar com sua presença e lembrança, como em seu exemplo, a determinação da vida e sua jornada. Passageiras são as nuvens, de nosso pensar e por vezes de nosso penar… parte do aprendizado, da breve passagem na aula da existência terrena. Teu olhar é mais abrangente. Faz jus a grandeza de seu SER. Orgulho-me de em minha passagem, ver tão bela flor a dar o melhor de si, na alegria de um caminho. Isto faz-me crer, no muito que não vemos, e do que há ainda para aprender.
    -Que o Ser Supremo; Senhor e Dono de Todas as Coisas; a tenha (como já a tem); em sua Paz, caminho inequívoco a Felicidade, do manso lago a espelhar a perene grandeza da Vida. Namastê! – “Om Padmosnisa Vimale Hum Phat”
    Péttine –
    um simples monge-aprendiz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s